Blog

Psicologia se faz com parcerias – Redes Sociais

29/01/2019

É possível preparar sua imagem profissional desde a graduação? Fernanda afirma que sim e nos trás várias dicas e reflexões sobre este tema. Confira a parte dois que fala sobre parcerias.


Inicialmente quando recebi o convite da Psicóloga Ana Cecília Coelho para fazer parte da equipe de psicólogas parceiras que ela selecionou, a ideia era que eu falasse sobre minha experiência nas redes sociais. Aos poucos expandimos o tema para as diversas atitudes e ações que podemos ter e realizar enquanto desenvolvemos meios de comunicar o nosso fazer na Psicologia.

Confesso que não houve categoricamente, no meu caso específico, um planejamento para que as coisas acontecessem no quesito redes sociais, embora eu acreditasse que esse seria um bom caminho para informar e promover o meu trabalho.

Quando ainda era estudante já pesquisava a respeito das possíveis formas de divulgação e como seria os meus primeiros passos neste sentido. A curiosidade e a paciência sempre foram minhas aliadas, eu passava horas e horas assistindo vídeos no Youtube (canais de Psicologia e afins), olhava detalhadamente o feed do Instagram de muitos psicólogos, observava o movimento que eles estavam fazendo e comecei a entender um pouquinho – ainda faço tudo isso, mas com uma frequência menor.

Ao concluir a graduação eu fiquei “desesperada” no intervalo entre colar grau e dar entrada no meu CRP para começar a atuar como psicóloga voluntária no projeto que comentei no texto: Seu trajeto  profissional precisa ser criativo. Esse tempo de espera para mim foi uma eternidade, para quem estava num ritmo frenético com várias atividades para dar conta (estágio, trabalho de conclusão, supervisão, disciplinas), de repente parar foi um tanto esquisito e incômodo, porém um tempo de muitas reflexões que logo em seguida me favoreceram bastante, ou seja, pausar muitas vezes é produtivo também!

Com esse contexto como pano de fundo, eu comecei a ficar bastante ansiosa e neste momento não era patológico (como um dia já foi – e isso é assunto para um outro texto!), mas sim a necessidade de criar um caminho que me possibilitasse maior abertura para oportunidades. Comecei a ler o conteúdo de páginas que tinham propostas sobre orientação e desenvolvimento de carreira em Psicologia, a princípio não foi nada premeditado como disse, mas com o passar do tempo fui vendo que era possível conquistar um espaço e estabelecer vínculos promissores através das redes sociais.

Quando tudo isso aconteceu a Revire se chamava Psicologia Em Cena, a Ana Cecília lançou neste período um desafio  (#desafiopsi2018) com excelentes dicas para impulsionar psicólogos novatos e veteranos a explorarem novas habilidades, e era exatamente aquilo que eu precisava naquele momento, então abracei essa proposta, realizando as tarefas que eram indicadas dia a dia. E como essa atitude me abriu tantas novas ideias e OPORTUNIDADES

Um exemplo? Olha eu aqui escrevendo para um site que é referência no desenvolvimento de carreira, num ambiente virtual, estreitando laços com outros profissionais da área! Redes Sociais é lugar para a gente falar de Psicologia e dos nossos serviços? Simm!

O mundo mudou e continua mudando desde a chegada da internet. Adaptar-se às novas configurações desde novo tempo faz parte do processo de carreira também.

Gente, isso é sério! Tem material sendo disponibilizado gratuitamente! É conteúdo de verdade, histórias reais de quem está fazendo acontecer. Todo início de carreira é custoso do ponto de vista financeiro, são muitos investimentos, não é verdade? Então nada mais facilitador do que encontrar profissionais que dedicam um tempo para preparar materiais que nos mostraram alguns caminhos que poderão nos nortear neste sentido do desenvolvimento. Vocês já leram os outros textos aqui do blog? Tudo isso é investimento na carreira! Aproveitem!!

As Redes Sociais podem e devem ser utilizadas por nós psicólogos, claro que de maneira ética observando o que nos é permitido fazer.

Ainda falarei mais sobre este tema! Por enquanto vamos refletir sobre este cenário virtual e como nós o temos explorado a favor da nossa profissão…

Até o próximo texto! 🙂

Fernanda Marreiro

Fernanda Marreiro

Psicóloga Clínica

CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

Receba nossos textos por e-mail com reflexões, insights e dicas para a carreira do Psicólogo.

Romae