Boas práticas de convivência nas redes sociais

Estar no âmbito online, divulgando nosso trabalho e criando relações, não é fácil. Lidamos com todo o tipo de comportamentos das pessoas que nos seguem… isso pode ser bem complexo. Por acreditar que podemos construir uma espaço online mais respeitoso e sustentável, deixo aqui algumas sugestões práticas para melhorar sua comunicação nas redes sociais e estabelecer uma boa convivência com seus seguidores.

Ah se todos seguissem essas práticas… Mas se nem todo mundo segue, podemos sempre fazer a nossa parte. O que acha?

#1 – Dê crédito nas imagens que não são suas

“Todo criador de uma obra intelectual tem direitos sobre a sua criação e sobre o uso dessa.”

Sebrae

Será que podemos usar tudo que é disponibilizado na internet e nas redes sociais? Algumas pessoas pegam conteúdos e postam como se fossem criação delas. Precisamos rever essas ações, pois legalmente falando, podemos nos prejudicar. Fora que é tão bacana reconhecer o trabalho e esforço da pessoa que criou, não acha?

Ações para adotar:

  • Não reproduza textos sem mencionar o autor.
  • Coloque a referência da fonte e dos criadores dos conteúdos que você reposta.
  • Não corte possíveis logos da imagem. Elas estão ali por um motivo.
  • Existem vários sites que disponibilizam imagens sem direitos autorias e gratuitas para que você possa usar a vontade.
  • Não pegue uma uma ideia e reproduza como sua. Lembre que você pode fazer adaptações, trocar nomes, formatos, etc. Coloque seu estilo e personalidade.

#2 – Cuidado com o que você compartilha

Antigamente a gente tinha experiências incríveis e guardávamos em nossa memória. No máximo compartilhávamos com colegas, descrevendo o ocorrido. Hoje a gente pega o celular e compartilha algo com muitas pessoas em poucos segundos. Será que estamos de fato tendo consciência do que estamos fazendo e compartilhando? E como isso afeta a gente e o outro? Existe vários motivos para a gente compartilhar algo nas redes sociais. Reflita sobre o que tem postado. Tem feito no automático? Ou apenas para ter o que postar todo dia?

#3 – Não fique marcando pessoas aleatórias em fotos para ganhar curtidas

Deixe que as pessoas certas cheguem até você. Aquelas que de fato estão interessadas no seu trabalho/conteúdo.

Essa prática não é legal. Afinal, não sabemos se pessoas que marcamos, estavam de fato iinteressada naquele conteúdo. Melhor do que presumir que elas estão, é deixar que as pessoas que gostam do seu conteúdo, procure pelo seu perfil e vejam a postagem. Ou reforçar sua postagem através dos stories, por exemplo. Você também pode criar uma lista de transmissão no whatsapp e adicionar apenas pessoas que falaram que estão interessados em participar. Lembre-se que isso ainda é mais complicado quando você não tem iintimidade com a pessoa.

#4 – Não fique apontando os erros dos colegas de profissão

Todo mundo está passivo de erros. Um dia pode ser você. Vamos ser mais compreensivos do que julgadores.

Vez ou outra vemos comentários de pessoas querendo apontar algum erro ou algo que precisaria de um complemento nos conteúdos de outra pessoa. Receber feedback construtivo pode ser interessante, mas se você não quer expor a pessoa, você pode fazer isso mandando um email, whatsapp ou mesmo por direct, concorda? Outro ponto para refletirmos é que quando você mostrar algum erro ou que você sabe mais, isso pode ter o resultado contrário. Então nesse caso nossa reputação também está me jogo. Vamos procurar ser mais empáticos com os outros profissionais, certo?

#5 – Não faça SPAM

Spam é um termo de origem inglesa cujo significado designa uma mensagem eletrônica recebida, mas que não foi solicitada pelo usuário. É quando a gente recebe aqueles e-mails de propaganda de lojas, mas nunca demos nosso e-mail para eles. O mesmo pode ser feito quando falamos de mensagens no whatsapp ou mensagens por direct divulgando algum post seu ou algum serviço. Essa prática não é interessante pois a pessoa pode achar uma invasão. Não precisamos desse tipo de ação para divulgar nosso trabalho. Existem outras estratégias.

#6 – Seja mais humana em sua comunicação

A gente não quer mais ídolos para colocar no pedestal, pessoas distantes que tem uma realidade totalmente diferente da nossa… Nós queremos mesmo é gente como a gente, que possamos nos identificar. Você pode trazer uma linguagem e uma atitude mais humana e real, pode fazer a diferença tanto no seu posicionamento quanto na interação das pessoas com você. Mostre seus bastidores, suas vulnerabilidades, reconheça erros, fale que nem tudo é perfeito. De tempos em tempos, mostre a vida como ela é!

E aí, fez sentido pra ti? Para mais conteúdos que nos fazem refletir sobre a nossa postura no meio online, acesse o instagram da Revire! 🙂 Vai ser um prazer ter você por lá.

Ana Cecília Coelho

Ana Cecília Coelho

Mentora e psicóloga
Romae