Para ler em momentos de crise profissional

“São tempos difíceis para os sonhadores…”

Já tem um tempo que estamos vivendo tempos de pandemia, de incerteza econômica e de medo. Pensando na saúde mental das empreendedoras, trago algumas reflexões para que você possa lembrar do elemento mais importante do seu negócio: VOCÊ! Vamos refletir um pouco para além de números e pensar em medidas que possam nos ajudar em momentos de crise e instabilidade no mercado.

Crise

Crise tem origem do grego krisis; em português significa decisão, sentença, juízo, separação. Para a psicologia, crise é aquele estado emocional de desequilíbrio, onde a pessoa se sente sem recursos de enfrentamento em uma situação diferente do seu habitual. Ou seja, fora da nossa homeostase/equilíbrio.

Alguns autores falam que crise é qualquer situação transitória que exige do indivíduo uma reorganização de sua estrutura psicológica e do seu comportamento. Logo, a crise pode ser encarada como um momento de instabilidade e perdas, mas também como momento de aprendizado e ressiginificação. Mas no meio do caos, como cuidar do nosso emocional?

Um lembrete: Momentos de estresse e de crise não vem apenas em momentos necessariamente ruins…

Crises evolutivas x Crises circunstanciais

Crises evolutivas são previsíveis, muitas vezes. Causam mudanças fisiológicas e psicológicas. Exemplos: Uma gravidez, mudanças no ciclo de vida, como saída da adolescência para vida adulta, aposentadoria.

Crises circunstaciais são, normalmente, são imprevisíveis e intensas. Causam mudanças fisiológicas e psicológicas. Exemplos: Perda do emprego ou da renda, uma morte abrupta, desastres naturais, acidentes.

Hoje vivemos uma crise circunstancial, mas cada uma individualmente pode estar vivendo momentos de crise evolutiva. É importante olhar para esses aspectos também através da construção do autoconhecimento e do processo de Psicoterapia.

Que lição podemos tirar disso tudo?

O coronavírus oferece uma página em branco para um novo começo.

Li Edelkoort

A gente espera logo o momento que a crise vai finalizar e tudo vai voltar ao normal, mas pensar na forma como você irá atravessar esse momento é fundamental para sua saúde mental.

Quem consegue enfrentar esse momento com resiliência e autoconhecimento, consegue sair muito mais fortalecido e maduro não só como pessoa, mas também em quanto marca. Que tal algumas dicas práticas?

Ações de autocuidado

  1. Estabeleça uma rotina flexível com o seu momento.

Reflita como tem sido o seu uso nas redes sociais. O que vem consumindo, o que não te faz bem e o que te faz bem. Pense que o seu tempo é um dos recursos mais preciosos nesse momento. Dica: Siga a Gabriela Brasil. Ela fala bastante sobre organização e produtividade.

2. Tome consciência de quanto ver notícias te faz bem ou não.

Nosso cérebro tende a focar muito mais nas notícias ruins, pois é uma forma de nos proteger, porém já sabemos das informações mais necessárias. Podemos reduzir esse consumo para não gerar mais ansiedade e medo nesse momento.

3. Acione sua rede de apoio sempre que for preciso.

Não sobrevivemos sozinhos. Precisamos do outro para trocar, para pedir ajuda. Procure interagir com pessoas que te fazem bem! Utilize aplicativos como o Whereby para realizar vídeo conferências.

4. Incorpore práticas mais zen no seu dia a dia

5. Faça um check in emocional diário/semanal

Esta simples ação serve tanto no nível individual como para trabalhar com os colaboradores. São perguntas importantes para gerar consciência e trocas. Você pode seguir essa ordem:

  • Como me senti ontem?
  • Como estou me sentindo agora?
  • Quais são os sentimentos mais presentes? 
  • Como está a minha relação com meu trabalho? Como me sinto diante da minha carreira? 
  • Com quem posso dialogar hoje para me sentir melhor que ontem? 
  • Que ações de autocuidado são fundamentais para hoje? 
  • O que vou priorizar no meu dia? Qual é a minha meta principal de hoje?

6. Se nutra de boas mensagens, podcasts e músicas

Depois compartilha quais são suas playlists favoritas!

Nem toda pausa é estagnação. Pausas também sinalizam planejamento, transição e transformação.

A certeza que fica é que nós vamos sair diferentes desse momento. Não seremos as mesmas… E eu espero que você possa ficar bem dentro do possível e que cuide de você tanto quanto cuida do seu negócio. Grande abraço!

Ana Cecília Coelho

Ana Cecília Coelho

Mentora e psicóloga
Romae