Blog

4 dicas para ser mais criativo

08/04/2019

Criatividade é uma das habilidades que precisamos desenvolver em nossa atuação profissional. Ela é tão importante que merece um post bem lindo como esse! Vem conferir essas dicas práticas!


Por muito tempo achei que não conseguiria ser uma pessoa criativa. Sentia que era um dom. Ficava sempre admirando colegas que tinham essa característica especial e tão natural. Era impressionante…

Naquela época pensava que ou você tinha criatividade ou não tinha. Muitos anos depois fui vendo que era possível ter momentos de criatividade… e pesquisando sobre o assunto, conheci o conteúdo do Murilo Gun, comediante e palestrante com foco na temática da Criatividade.

Para Murilo, a definição de criatividade é: Imaginação aplicada para resolver um problema (qualquer tipo de problema).

Em seus vídeos e cursos, ele fala muito que o nome correto ao invés de criatividade deveria ser COMBINATIVIDADE. Afinal, nada vem do nada… nada se cria, tudo se combina! Legal, ne? Concordo muito com esse nome porque, foi ampliando minhas referências e experimentando sair da zona de conforto, que percebi que poderia ser alguém criativo.

Aqui vão algumas dicas para você que está precisando treinar essa habilidade tão importante para nossa profissão:

Seja Curioso e tenha inspirações: Quanto maior o seu repertório, maior a possibilidade de criar novas combinações. Expandir referências para além da psicologia foi uma grande sacada que eu tive. Percebo que isso faz toda a diferença na minha atuação profissional.

Não tenha preguiça: Você vai precisar treinar real. Algumas maneiras de ampliar repertório e treinar sua criatividade: Ler mais, ter novas experiências, conversar com pessoas diferentes, viajar, se movimentar, observar o que tem ao seu redor, refletir sobre a vida, assistir filmes, séries, documentários.

Experimente e se arrisque mais: Inicie utilizando papel, post its, canetas coloridas, marca texto, cartolina, lousas, etc. Todos os recursos visuais vão ser aliados nesse momento. Depois que tiver várias ideas, comece a estrutura-las. E mesmo com medo ou vergonha, coloque essas ideias em prática. Compartilhe com alguém, poste no instagram… em resumo: saia da zona de conforto. Criatividade vem com mais “sims” do que “nãos”.

Desenvolva sua resiliência: Ser resiliente é ser alguém flexível. E até mais que isso, ser uma pessoa que mesmo caindo, consegue se levantar com mais potência que antes. Sempre que vier momentos complicados pense: “O que eu vou tirar dessa situação para potencializar meu crescimento?”

Seja autêntico: Quando estamos diante de uma pessoa autêntica, conseguimos ver que ela é congruente de segunda a segunda, em todas suas ações e em diversos contextos da vida. Quando você é mais de você, fica mais leve e fácil o processo de ser criativo. Assuma quem você é e seja único!

E aí, gostou das dicas? Ahh e não adianta só ler e entender é preciso partir para a ação, ein!


Não deixa de compartilhar com seus colegas para que eles possam desenvolver a criatividade deles também.

Ana Cecília Coelho

Ana Cecília Coelho

Psicóloga Clínica

CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

Receba nossos textos por e-mail com reflexões, insights e dicas para a carreira do Psicólogo.

Romae